Você sabe o quão ineficiente é o seu terceiro turno?

Dentro da indústria, a composição da escala de trabalho está diretamente relacionada com a produtividade dos colaboradores. A definição correta dos turnos, principalmente em negócios que precisam funcionar de maneira contínua, é de extrema importância. Ela envolve a análise de fatores gerenciais, operacionais, econômicos e sociais, e por esse motivo, deve receber atenção especial por parte dos gestores. No caso do terceiro turno, a gestão deve ser feita de forma a garantir uma maior produtividade e eficiência.

 

Todos os turnos dentro da cadeia produtiva da indústria devem atender às necessidades do negócio, de forma a entregar a produtividade esperada e tirar o maior proveito da mão de obra disponível. Alinhando a matéria-prima, infraestrutura e capital humano, a empresa consegue entregar a produtividade necessária para garantir a lucratividade esperada.

 

Contudo, o terceiro turno é conhecidamente menos produtivo do que os demais, pois os colaboradores têm a sua rotina prejudicada (por conta da privação ao convívio social). Para garantir que o terceiro turno entregue a produtividade esperada, é imprescindível contar com um sistema de Controle de Produção Industrial.

 

O que é Controle de Produção Industrial?

A cadeia produtiva dentro da indústria funciona como um mecanismo harmônico. Para que a empresa consiga garantir um diferencial competitivo, é essencial encontrar ferramentas eficientes que ajudem a manter a produtividade dentro dos padrões esperados e, dessa forma, trazer uma maior rentabilidade para o negócio.

 

O Sistema de Controle de Produção Industrial é uma das ferramentas mais importantes no que se refere ao aumento da produtividade da indústria, inclusive no terceiro turno. Esse sistema permite uma maior integração entre os setores e faz com que as atividades sejam executadas de maneira mais eficiente. Essa ferramenta pode trazer diversos benefícios para um negócio, como:

 

· Garantia de entrega de dados consolidados e confiáveis sobre todos os processos produtivos;
· Coleta de dados em tempo real;
· Assegura que os gestores estabeleçam um processo de tomada de decisões mais assertivo e embasado;
· Menor tempo de setup;
· Garante uma maior vida útil das ferramentas e equipamentos utilizados;
· Aumento da produtividade;
· Permite um planejamento de paradas para manutenção mais eficiente;
· Menor tempo de ociosidade.

 

Como o terceiro turno pode ser relativamente menos produtivo do que os demais, contar com um sistema de Controle de Produção Industrial pode ser a saída para alcançar a produtividade esperada. Com a ajuda desse recurso, é possível gerenciar os ativos e as atividades do negócio com mais inteligência de forma otimizada. As informações obtidas com essa ferramenta ajudam a guiar a empresa rumo a um crescimento mais substancial e efetivo.

 

Além disso, o sistema de Controle de Produção Industrial tem um papel essencial no planejamento de paradas de manutenção e identificação de falhas. Dessa forma, é possível reduzir o tempo de inatividade causado por paradas não programadas. Independentemente do produto ou setor de atuação, essa ferramenta pode ser extremamente útil para aumentar a produtividade no terceiro turno da indústria.

 

Contar com dados realistas e consolidados sobre a produtividade de cada um dos setores em atividade, ajuda a identificar o rendimento de cada um deles. Com base nessas informações, os gestores podem até mesmo fechar turnos desnecessários, além de reduzir a demanda por horas extras, uma vez que a produtividade esperada for alcançada em menos tempo, é possível até mesmo, eliminar turnos.