Como aumentar a produção industrial com baixo investimento?

Aumentar a produção industrial pode ser um desafio, principalmente diante de um cenário de retração econômica. Além disso, a competitividade no setor da indústria é muito grande. Algumas práticas na gestão da cadeia de suprimentos e otimização do fluxo de trabalho no chão de fábrica podem ajudar as empresas. Veja, a seguir, as melhores dicas para você aumentar a produção industrial com baixo investimento:

Dica 1 – Revise o fluxo de trabalho já existente

A primeira forma de aumentar a produção industrial é revisar todo fluxo de trabalho existente. Esse fluxo vai desde a compra da matéria prima até o envio do produto final para os clientes.

Observe os seguintes elementos dentro do fluxo:

  • As máquinas estão em bom estado de conservação;
  • Os colaboradores possuem as habilidades necessárias para executar suas funções;
  • O sistema de gestão integra e agiliza o fluxo de trabalho;
  • As entradas e saídas de materiais e mercadorias ocorrem sem imprevistos, atrasos ou gargalos;
  • As metas da indústria foram entendidas por todos os colaboradores.

 

Após essa revisão, identifique quais setores que necessitam ajustes e atualize os processos.

 

Dica 2 – Crie novos produtos

Inicie a pesquisa e a criação de novos produtos usando as matérias primas que sobram dentro da fábrica. Com isso, será possível aumentar a produção industrial sem a necessidade de ampliar espaços ou desembolsar quantia alta de recursos.

Além disso, a expansão da sua cartela de produtos pode assegurar renda alternativa quando o produto carro-chefe da indústria estiver em tempos de baixa.

 

Leia também: Como aumentar a eficiência operacional de sua indústria

 

Dica 3 – Invista em tecnologia

Investir em ferramentas tecnológicas não exige grande investimento. Há vários softwares que apoiam o gestor a melhorar sua produtividade e a competitividade no mercado.

Soluções tecnologias são capazes de aumentar a eficiência da produção industrial, além de reduzir custos. A aquisição de um sistema completo de gestão como ERP (Enterprise Resource Planning) integra os dados dos diferentes setores da indústria. Isso permite que o gestor tenha uma visão geral da sua empresa, uma vez que ele conta com indicadores de performance que mensuram os resultados.

Além disso, as ferramentas tecnológicas mapeam todo o ciclo de vida do produto e identificar possíveis falhas, gargalos que podem comprometer a produção industrial.

 

Dica 4 – Mude o layout do chão de fábrica

Segundo dados do Sebrae, cerca de 30% do tempo destinado à produção no chão de fábrica é desperdiçado com transporte de produtos e matérias primas.

Com um layout mais otimizado, é possível alocar a área de produção na sequência do trabalho, estocagem de matérias primas perto dos pontos de utilização, entre outros. Dessa forma, a movimentação de pessoas, empilhadeiras e outros materiais pode reduzir em até 60%.

 

Dica 5 – Use a manufatura enxuta

Segundo informações do Programa Mais Produtivo do Senai, as indústrias que aplicaram a técnica da manufatura enxuta tiveram aumento de mais de 50% em produtividade.

A manufatura enxuta ou lean manufacturing auxilia as indústrias organizarem suas produções e reduzirem desperdícios como tempo de espera, inventário, superprodução, transporte, movimento, excesso de processo e defeitos.

Leia também: Aumento de produtividade na indústria plástica, como criar um planejamento?

Quer saber como aumentar a produção industrial com os softwares da Vedois? Fale com nossos consultores.