Software de controle de manutenção industrial, evitando paradas e mantendo a produtividade

O gerenciamento de equipamentos não é uma tarefa fácil, principalmente sem o auxílio do software de controle de manutenção industrial. Administrar a manutenção das máquinas de forma preventiva evita paradas e mantém a produtividade. 

Toda indústria deve elaborar um plano de manutenção industrial, baseado nas ordens de serviços, quantidade de máquinas, horário de trabalhos, etc. Com o plano de manutenção preventiva, é possível reduzir possibilidade de falhas e acidentes e reduzir o tempo gasto na produção dos produtos. 

Leia também: Máquina parada por quebra? Faça um planejamento de manutenção industrial preventiva

O software de controle de manutenção industrial tem como objetivo agendar e organizar tarefas de assistência, controlar maquinários e equipamentos e gerar indicadores à mão de obra e recursos financeiros. Esse sistema é o principal responsável pelo gerenciamento dos ativos da indústria, permitindo um rastreamento das atividades do planejamento, e por consequência, o aumento da produtividade. 

 

Características de um bom software de controle de manutenção industrial

O melhor custo benefício da manutenção dos equipamentos e maquinários está relacionado ao software de controle e seus processos preventivos. 

As principais características que um bom software de controle de manutenção industrial deve ter são:

  • Identificar os equipamentos e maquinários de forma simplificada.
  • Controle com parâmetros.
  • Mobilidade.
  • Alertas e recursos visuais programados.
  • Organização e planejamento de forma eficiente.
  • Planejamento e controle automatizado.
  • Programação de etapas de forma periódica, eventual ou acumulativa. 
  • Geração de ordens de serviço.

 

Razões para usar o software de controle de manutenção industrial

Indústrias que ainda não possuem um software de controle de manutenção industrial apresentam vários problemas como constante indisponibilidade de maquinários e equipamentos, componentes e peças sobressalentes sem rastreabilidade, e falta do histórico de serviços realizados. 

Leia também: Agendamento automático de manutenção industrial, veja como fazer corretamente

Além disso, a falta do software de controle de manutenção industrial reflete na perda de qualidade da produção e redução significativamente da credibilidade com os clientes, gerados pela variedade de preços e atrasos na entrega.

Para sua fábrica não cometer esses erros, seguem algumas razões para instalar o software de controle de manutenção industrial:

Gestão de ativos – o software permite criar um histórico de cada maquinário ou equipamento, incluindo números de assistências, custo do equipamento, custo com a manutenção e melhoria, etc. 

Planejamento de manutenção – Com o software de controle de manutenção industrial, é possível criar um cronograma de tarefas da fábrica para identificar forças, fraquezas, oportunidades e ameaças em todo ciclo produtivo. Com isso, os custos serão gerenciados de forma mais precisa e os equipamentos vão contar com uma manutenção preventiva mais eficiente. 

Criação de indicadores – O software também pode ajudar na criação de indicadores de desempenho. Eles permitem que o gestor acompanhe, avalie todas as atividades relacionadas à manutenção. 

Registro de ações – Com o planejamento de manutenção, as ações devem ser registradas por ordens de serviços. Isso é fundamental para manter no banco de dados um histórico das atividades de manutenção preventiva. 

As ordens de serviços devem registrar todas as ocorrências para que o gestor analise as causas das falhas e elimine os fatores gerados das inconsistências dos maquinários, antes que surja um novo problema. 

Confecção de relatórios – O software deve emitir relatórios, considerando um período pré-determinado. Com esses documentos, o gestor pode obter uma curva de tendências e realizar comparações. 

 

Quer saber mais sobre software de controle de manutenção industrial? Fale com nossos especialistas.